Outdoor: 5 percursos pedestres para explorar com a The North Face

Outdoor: 5 percursos pedestres para explorar com a The North Face

As férias de verão chegaram ao fim (ou quase) mas são muitos os motivos para saíres de casa e continuares a aproveitar o bom tempo com que o nosso belo Portugal nos presenteia! E se não conheces outro caminho a não ser o da praia, anota aí: Arouca Geopark. Que é como quem diz, os melhores spots das redondezas para te lançares na aventura dos percursos pedestres.

E se aceitares a nossa sugestão, não te esqueças de o fazer em grande estilo. Na La La Land encontras as peças mais cool para atividades outdoor. A escolha é obvia: só podíamos estar a falar da The North Face. Fundada por Douglas Thompkins e Dick "Hap" Klopp em 1964, a The North Face é líder na criação de roupas desportivas e ao ar livre.

E agora, vamos ao que interessa. Espreita abaixo as nossas dicas para os 5 melhores percursos pedestres do Arouca Geopark.

 

# 1 Caminhos do Montemuro

Com ponto de partida e chegada na Sra. do Monte, Alvarenga, este percurso tem uma distância de 19km, duração estimada de 6 horas e um grau de dificuldade médio/alto. Por este percurso, passarás pelo ponto mais alto de todo o território do Arouca Geopark – o Marco Geodésico da Pedra (com uma altitude de 1222m). Aqui, a vista sobre as aldeias e sobre a Serra de Montemuro e as paisagens de cortar a respiração são apenas alguns dos motivos para te fazeres ao caminho. 

# 2 Caminhos do Vale do Urtigosa

“Percorrer o vale do Urtigosa significa conhecer alguns dos recantos mais belos das freguesias de Rossas e Urrô. O rio Urtigosa e a ribeira da Escaiba correm próximos de várias aldeias curiosas, como Provisende, Lourosa de Matos e Souto Redondo, onde as capelas, muito típicas, ganham uma graça especial.” Neste percurso, vais percorrer uma distância de 11km numa duração prevista de 5 horas. O ponto mais alto tem 500 metros e a partida e a chegada fazem-se na Igreja Matriz de Rossas.

# 3 Caminhos do Sol Nascente

Campos verdejantes, em socalcos, e a limpidez das águas que corre nas várias fontes são apenas algumas das maravilhas que te aguardam nos Caminhos do Sol Nascente. Com ponto de partida e chegada na Igreja Matriz de Moldes, uma distância de 13km e uma altitude máxima de 770m, este percurso tem como pontos de interesse as Cascatas do Ribeiro das Rocas ou as aldeias de Bustelo, Adaúfe, Espinheiro e Fuste. 

# 4 Cercanias da Freita

Este percurso tem como ponto de partida/chegada a Capela de Santa Maria do Monte e a sua paisagem é coberta por um manto verde. As aldeias de Ameixieira, Chão-de-Espinho, Espinho, Povos, Forcada e St.ª Mª do Monte são alguns dos pontos de interesse do caminho que tem mais de 13km e uma altitude máxima de 840m.

# 5 Escarpas da Mizarela

“As escarpas da Mizarela têm muito para nos ensinar sobre a fauna e a flora desta «Serra Encantada», que é a Freita.” Com início e fim no parque de campismo do Merujal, na Serra da Freita, permite a passagem pela Estação da Biodiversidade e por algumas das mais privilegiadas vistas sobre a Frecha da Mizarela. A distância é de 8 km mas não se deixem enganar: este é um percurso de dificuldade alta – ou não fossem os seus trechos de subidas e descidas íngremes. 

Se já só pensas em partir à aventura, explora aqui mais informação sobre os percursos pedestres do Arouca Geopark e escolhe aqui as tuas peças da The North Face. Depois, já sabes: faz-te ao caminho!